As nossas aventuras num relacionamento aberto – Testemunho

As nossas aventuras num relacionamento aberto

As nossas aventuras num relacionamento aberto” é o testemunho de um dos casais mais simpático inscrito na nossa comunidade. O Pedro e a Tatiana, resolveram apresentar-nos o seu testemunho de forma a dar a entender que ter um relacionamento aberto pode ser ótima para a relação, ou pelo menos evita que a mesma caia na rotina.

Salientamos que todos os nomes e locais foram alterados de forma a manter a privacidade deste simpático casal.

As nossas aventuras num relacionamento aberto – Testemunho

O Testemunho da Tatiana

“Bom dia, chamo-me Tatiana, tenho 29 anos, e namoro com o Pedro há 8 anos. No início da relação eu não estava propriamente há procura de um namorado, até porque sou o tipo de mulher que não gosta de estar presa a um relacionamento sério.

Gosto de me divertir, de passar bons momentos com desconhecidos e pensava que isso era impossível ao ter um relacionamento assumido com alguém.

Contudo, aos poucos apercebi-me que o Pedro era também como eu, e após falarmos, resolvemos que iriamos ter um namoro aberto, ou seja, poderíamos estar com mais algumas pessoas.

Aos poucos, fomos introduzindo nas nossas vidas alguns amantes pontuais, e algumas pessoas com quem fazíamos sexo em conjunto (tanto homens como mulheres).

Posso dizer que o Pedro é o homem que me faz feliz, e que ambos somos pessoas melhores porque nos temos um ao outro, mantendo uma total liberdade para estarmos com outras pessoas.

O Testemunho do Pedro

“Bom dia, chamo-me Pedro, tenho 30 anos e namoro a Tatiana.

Eu sou o tipo de homem que sempre gostei de ir para bares e discotecas conhecer mulheres, e ter casos de uma noite.

Não me imaginava num namoro sério e a ter de abdicar da minha liberdade para estar sempre com a mesma pessoa. Contudo, quando conheci a Tatiana isso mudou.

Ela era a pessoa mais divertida e bem dispostas que havia conhecido até então. Começámos a namorar, mas não lhe quis dizer que adorava casos de uma noite. Mas ela, facilmente entendeu e disse-me que também não queria um namoro padrão.

Percebemos que poderíamos ter um relacionamento aberto, estar juntos e ao mesmo tempo termos outras pessoas pontualmente.

Fazemos imensas vezes sexo com outras pessoas (sejam orgias, ménages, swing) e sempre nos divertimos imenso. Podem acreditar quando vos digo que amo imenso a minha namorada e quero construir um futuro do lado dela. Talvez assentemos, talvez não… apenas o tempo o dirá.”

Estes são os testemunhos da Tatiana e do Pedro que têm um relacionamento aberto e que resolveram partilhá-lo com a nossa comunidade, de forma a que muitos casais percebam que ter este tipo de relação pode ser muito mais benéfico do que andar a trair às escondidas.

Se tal como a Tatiana e o Pedro, quer fazer parte da nossa comunidade, pode registar-se aqui. Pode também partilhar connosco o seu testemunho, pois garantimos total confidencialidade.

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

ENCONTROS SEM COMPROMISSO HOJE MESMOQUERO ENTRAR!